sandra aka margarete ~ acknowledgeyourself@gmail.com

(das aptidões das árvores)

Puseste a tua pena nas minhas úlceras
Com as tuas asas provocaste uma brisa
A expulsar as borboletas de asas metálicas

A escravidão recorrente dos meus sentidos
Fez-me contar pelos dedos náuseas frias
Febril derramei o mel consagrado nos olhos

Acreditar é a grande lição replicaste em sino
Contemplo as raízes a despertar do marasmo
Emoção é seres crença carne e ossos vivos em mim.



Árvore pequena, Egon Schiele


* itálicos retirados de texto de Carlos Veríssimo "Certificado de Aptidão para se Emocionar"


4 comentários:

lésbica só disse...

A ti o certificado de aptidão de fazer emocionar.
Beijo

ana c. disse...

"Emoção é seres crença carne e ossos vivos em mim."

se não tivesse gostado do resto, gostaria certamente deste verso final. mas gostei de tudo.deste falar de árvores.

margarete disse...

beijos, meninas :)
obrigada pelas palavras bonitas!

menina limão disse...

"Certificado de Aptidão para se Emocionar" :)

"Contemplo as raízes a despertar do marasmo
Emoção é seres crença carne e ossos vivos em mim."

:)