sandra aka margarete ~ acknowledgeyourself@gmail.com

(boas noites) (curtas de Mickey Sabbath)

O excesso desenfreado não conhece limites em si, mas eu padeço de uma grave predilecção por não arruinar a minha vida.

in Teatro de Sabbath de Philip Roth
Publicações dom Quixote, Colecção Ficção universal
2000

5 comentários:

menina limão disse...

ando a ler Roth, mas o Pastoral Americana. ;)

margarete disse...

não sei explicar porque ainda não me lancei na Pastoral, depois conta-me... ;)

p.s. vais ler este, não vais? :P

menina limão disse...

ah, vou ler esse sim ;)

menina limão disse...

estou a adorar a Pastoral. lembras-te da minha angústia da última vez, por ter de abandonar aquele romance? andei pela poesia, com medo. até que decidi voltar ao género. peguei na Pastoral, agarrei o romance pelos cornos ;) e olha, milagre, acabou ele por me agarrar a mim. estou radiante, voltei a ler. :)

margarete disse...

:)