sandra aka margarete ~ acknowledgeyourself@gmail.com

Sábado passou...

(Após a semana que começou com a triste notícia da morte de Alvess e com o apoio incondicional da ICAR no agravo da pandemia do HIV.)


Os pescadass* abriram portas sobre as suas labutas distractivas dos dias inúteis. A visão díspar de 12 apelidados saudosos da indústria sobre destroços industriais, rumores do trânsito de operários entre paredes abandonadas.

A lotação esgotou, a festa aconteceu. Performances e instalação no sótão e nas escadas, leitura de poesia (21 de Março!, dia da poesia), exposição de protótipos industriais e salvados, exibição de vídeos e lençol fotoshow com várias séries dos saudosos da indústria, venda de catálogos e impressões, Dj’s e bar a preço justo. A festa aconteceu indeed.



Participantes

Ilustres convivas

Afonso Macedo, António, Arthur van Der Hella, Cláudia Santos Silva, Fátima Séneca, FJ, Francisco Rubio, João Condinho, Josef B., Luís Almeida Gonçalves, Mané, Paulo Mora, Raquel Sebastião, Teresa Carrington e Victor Lamas.

12 saudosos da indústria

O Lugar Geométrico - Alda Reis , Açores - Ana Teixeira , A caminho do Novo Mundo seja lá onde ele for - Carlos Júlio , Moldes - DrGica, Francisco Feio, Das Kapital - Hugo Besteiro, Arqueologia Industrial - José Paulo Andrade, Sociedade de Porcelanas de Coimbra - José Pedro Reis, Reflexos - Maria Antónia Ferro , Contrastes - São Ataíde, Dar o Corpo ao Manifesto Industrial - Carlos Veríssimo, Fátima Feliciano e Sandra Cruz.


Para quem não conseguiu ir no Sábado, durante esta semana será possível visitar a exposição no
nº 6 da Rua Aires de Campos em Coimbra
A CASA DA ESQUINA.

(ao Penedo da Saudade; vizinhança: Carmelitas)

Horário: 17 às 19h e 21 às 23h, período em que temos chá para partilhar










* ler ssssS no final, singela homenagem a Alvess


3 comentários:

menina limão disse...

santíssima, aquelas botas brancas são tuas? :D

margarete disse...

por acaso não são :D

menina limão disse...

:P